ONCE

quarta-feira, 19 de maio de 2010

A PASSAGEM


A Passagem. Passagem que pode te levar de ônibus, navio, trem, avião, transporte. Passagem que pode te deixar entrar num outro lugar, num outro mundo. Achar a passagem, o estreito caminho... Das pessoas que descem, ou sobem, a rua. Que vão para outra dimensão.
A passagem dos tons que vão do claro para o escuro,do frio para o quente. Dos tons que sobem do mi ao sí, sem bemol, sem sustenido.
Só, por um instante, de passagem. Sempre.
Estou finalizando duas etapas do tríptico A Passagem, aproveitando a porta entreaberta de uma capelinha para deixar entrar a luz, a propagação gráfica dessa luz e sua transformação na paisagem lá do Cipó. Esse trabalho faz parte do Armadillis inaturalis e segue algumas das referências tiradas do Dark Side of the Moon.
É toda pintada em acrílica sobre tela com formato final de 0,80 x 2,80 m.


6 comentários:

Carlos TA disse...

Tá ficando lindo !!!

Gabriel disse...

Fiote,

cada vez mais encantado... parabéns pelo trabalho! Quando for expor avise!

Abç

Gabriel do Evaldo

Anna Luiza disse...

Fiote, como sempre fantastico. os dois trabalhos prontos ficaram muito bons..
...estou ansiosa para ver a camera..

poste "as bananas" aqui tb!

abraço!

Jack Belisario disse...

Super!

Mais interessante foi descobrir esta postagem hoje quando encontrei o Marquinho ( Marcos Shier, lembra dele?) em uma loja de bikes em Wimbledon.

Um abracao!

Saulo Bicalho disse...

Bello capolavoro Fiotti!! Va benissimo la tua pittura

Anônimo disse...

Passagem pra lugar nenhum tb e pra Estarda pra Perdição ( ver o filme estrelado pelo Tom Hanks ).Alberto