ONCE

quarta-feira, 8 de julho de 2009

PIEDADE

Em 1989 fiz uma foto da Serra da Piedade, vista da estrada que liga Sabará a Caeté, quando ia para o Caraça, bem cêdo do dia. Sempre gostei muito dessa imagem e decidi trabalhá-la em aquarela. Apanhei muito do papel pois nunca tin ha utilizado essa tipo, um Arches Satiné. Cheguei a lavar completamente a pintura na torneira do tanque e recomecei o trabalho. Aos poucos fui entendendo o procedimento e cheguei ao resultado que vocês estão vendo. A imagem foi aparecendo como a Piedade no branco da neblina.

7 comentários:

Verônica disse...

Nossa! Superou todas as minhas espectativas! Mesmo com a nossa troca de desastrada de papel ficou incrivel hein?! Juro que pensei que era a foto. Parabéns meu amigo, mais uma vez.

Ana disse...

Ei Fiote está linda esta foto!!!!
Bjks
Ana

Ana disse...

Olhando melhor, é uma foto ou aquarela?
Meu amigo, cada dia fico mais surpresa com sua abilidade!
Belíssima!
Bjs
Ana

Carlos TA disse...

Putz, gostei demais , realmente fica difícil saber se é foto ou aquarela .

Parabéns.

DOMITILA BELEM Edilene Amaral disse...

Ai!
Que vontade de ficar parada,só no auge da reflexão,dentro da tua paisagem...

DOMITILA BELEM Edilene Amaral disse...

Melhor que isso? Deve ser o coração que fez isso!!!

DOMITILA BELEM Edilene Amaral disse...

Ai!
Que vontade de ficar parada,só no auge da reflexão,dentro da tua paisagem...